Vistoria da prefeitura em Manguinhos

Rios assoreados e falta de drenagem e de saneamento foram alguns dos problemas identificados por um grupo formado por diferentes órgãos da prefeitura, acompanhado pela equipe da CPI das Enchentes, durante visita à comunidade de Manguinhos na manhã de hoje, quarta-feira (05/06). Os moradores sofrem há anos com inundações, que põem em risco suas moradias e suas vidas. Para completar, estruturas deixadas pelas obras do PAC atrapalham a vazão do rio Faria Timbó.

O grupo – criado após recomendação dos vereadores Tarcísio Motta, presidente da CPI, e Renato Cinco, relator – é composto por representantes das secretarias municipais de Conservação, de Infraestrutura e Habitação e de Assistência Social e Direitos Humanos, da Defesa Civil, da Rio-Águas, da Geo-Rio, da Comlurb, Centro de Operações Rio e da Defensoria Pública. Seu objetivo é averiguar as condições das comunidades afetadas pelos temporais de fevereiro e abril. Já foram feitas vistorias também no Horto, Barra de Guaratiba e Rocinha. Até 26 de junho, serão feitas incursões no Vidigal, Paula Ramos, Jacarezinho, Babilônia, Vargens, Jardim Maravilha e Fallet-Fogueteiro. Todas as vistorias serão acompanhadas pela equipe da CPI das Enchentes.

Após identificar os problemas dessas regiões no escoamento das águas das chuvas ou no risco de deslizamentos, o grupo irá propor soluções. “Desde a instalação da comissão, reforçamos a ideia de que as investigações são essenciais não apenas para apurar responsabilidades, mas para encontrarmos saídas. Essas vistorias são passos importantes para evitarmos tragédias”, diz Tarcísio Motta.